Ansiedade

O que fazer?

A ansiedade é algo comum, ou seja, a maioria das pessoas sente e é algo benéfico, porque até certo ponto, ela pode te prevenir de acontecimentos negativos.

A Ansiedade é designada como:

Um sentimento vago e desagradável de medo, apreensão, caracterizado por tensão ou desconforto derivado de antecipação de perigo, de algo desconhecido ou estranho.

É uma preocupação sobre algo que está por vir, e o individuo que sente pode se preparar para tal situação e ter atitude ou reação em relação ao ocorrido. Essa sensação se tornará patológica quando exagerada, de forma que não se consegue controlar, é uma reação desproporcional ao evento causador, e esse evento não precisa ser algo muito grandioso. Em uma criança pode ser a excursão ou a prova da escola. Em um adulto pode ser uma situação no trabalho, como uma apresentação ou uma solicitação cotidiana.

Como distinguir se é uma reação natural ou não? A melhor maneira é verificar se a reação ansiosa é de curta duração ou não. Se perceber que se tornou algo persistente é hora de procurar um profissional, e o psicólogo poderá te auxiliar nesse momento, ajudando a entender as possíveis causas e que tipo de ansiedade se trata. O tema ansiedade é bastante amplo e pode variar de uma fobia especifica em que o individuo se sente nervoso, estressado e sente um medo excessivo de algo, pode haver também a ansiedade generalizada, que ocorre em crianças ou adultos, estes, que são constantemente tensos, tem dificuldades de relaxar e achar seu ponto de equilíbrio até a propriamente dita síndrome do pânico, que são os ataques de pânico onde o individuo sente um conjunto de sintomas o levam a desorientação total.

Alguns sintomas:

  • Sensação de nervosismo e pânico incontroláveis
  • Sensação de morte
  • Aumento da respiração
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Tonturas e vertigens
  • Problemas gastrointestinais.

Seja qual for o tipo de ansiedade, de uma forma geral, é possível ter algumas atitudes para minimizar essas sensações negativas.

  • Tirar um tempo para si e conseguir relaxar é essencial;
  • Caminhar;
  • Curtir a natureza, ler, ouvir musicas;
  • Praticar um exercício físico;
  • Alimentação saudável;
  • Experimente controlar a respiração (Inspire e espire lentamente);
  • Mantenha o foco de atenção no presente.

Independente do tipo de ansiedade é importante saber que existe tratamento e o quanto antes for diagnosticada, com tratamento eficaz e acompanhamento psicológico, melhores serão os resultados.

Por Maristela Silva
Psicóloga - CRP 06/100464
Especialista em Transtornos alimentares e obesidade e formanda em Psicanálise

maristela.silvabs@gmail.com
(11) 99245-4687